22/04/2010 " Zé do Caixão: Uma Lenda Urbana "


Zé do Caixão: Uma Lenda Urbana José Mojica Martins, o Zé do Caixão, foi o ator e cineasta brasileiro que fez sucesso no exterior com seus filmes de terror. Sua forma de se vestir sempre foi uma lenda urbana: trajes pretos, capa de vampiro, cartola do século dezenove e unhas grandes. A forma com que ele escolhia as suas atrizes, também, sempre foi uma lenda urbana: dizem que para passar no teste as atrizes precisavam comer baratas. Mas, nada foi provado com relação a isto. Seus filmes são baseados em lendas urbanas, como por exemplo: a Loira Fantasma, o Saci e o Lobisomem. Sua infância foi recheada por lendas urbanas, veremos algumas abaixo: O Batateiro Na infância de Zé do Caixão, bem no seu bairro, havia um batateiro simpático. Um dia, o rapaz veio a falecer e Zé do Caixão, foi ao seu velório. Porém, no meio da cerimônia, o batateiro começou a mexer o corpo. Todos saíram correndo menos o Zé do Caixão. Houve uma explicação científica para isto: o batateiro tinha uma doença chamada catalepsia. O Som de Piano Ainda pequeno Zé do Caixão mudou para uma casa em que ele escutava um piano tocando sozinho. Isto é muito interessante, pois há vários filmes que mostram esta cena. De tudo isto, existe uma coisa em que a certeza é mais do que certa: os fãs do Zé do Caixão estão com muitas saudades dele e seria ótimo se algum canal de televisão apresentasse algum programa sobre lendas urbanas apresentado por ele. Luciana do Rocio
Digg it StumbleUpon del.icio.us

0 comentários:

Postar um comentário

 
Melhor visualização no navegador Google chrome