18/05/2011 Oxana Malaya a garota " CANINA "

Gostaria de agradecer nosso querido leitor : Kelvyn dos Santos Por esse incrível artigo que ele nos enviou. 




Durante cinco anos, Oxana Malaya viveu entre animais, mais especificamente, cães selvagens, onde comia alimentos crus e restos encontrados nas vizinhanças dos vilarejos, basicamente, a sua alimentação era composta por leite e carne crua, provavelmente de pequenos animais. Os pais, alcoólatras, abandonaram a menina aos três anos de idade e desde então ela foi adoptada por uma matilha de cães. Isso aconteceu no vilarejo Navaya Blagoveschenka, na Ucrânia.
Somente cinco anos depois, em 1991, um cidadão informou às autoridades locais o avistamento de uma criança que vivia entre os cães. Ela foi resgatada: na altura ela tinha 8 anos. O seu comportamento era totalmente canino: andava de quatro, latia, rosnava, bebia água directamente das fontes e quando se molhava, sacudia o corpo inteiro tal como fazem os cães.
As autoridades "resgataram-na", e enviaram-na para um orfanato, ali foi ensinada a andar em postura erecta, comer com as mãos e falar. Aliás, Oxana nunca desaprendeu completamente o pouco da linguagem humana que havia aprendido na primeira infância; entretanto, apesar do esforço dos professores, ela jamais recuperou a condição a humana e apresenta, recorrentemente, comportamento animal.
Agora, com cerca de 23 ou 24 anos, Oxana Malaya tem a idade mental de 6 anos, fala rudimentar e tem movimentação bípede descoordenada, e continua a enterrar os "arados" que lhe são oferecidos, e correr para o bosque quando esta aborrecida.
O pai de Oxana foi localizado; da mãe, não há notícias. A jovem tem esperança de voltar a viver com a família mas os especialistas não acreditam nesta possibilidade. A sua personalidade é frágil e sua adaptação à sociedade parece ser completamente impossível.


Abaixo um vídeo de Oxana:


Digg it StumbleUpon del.icio.us

2 comentários:

Anônimo disse...

loca

Anônimo disse...

kkkkkk que mina loca.............Se bem que seria "interessante" ter ela como animal de estimação,(muitos irão pensar em fazer zoofilia com essa mina)

Postar um comentário

 
Melhor visualização no navegador Google chrome