24/05/2010 Pescaria do alem


História narrada pelo próprio Agripino que diz ter vivenciado tal sobrenaturalidade. Agripino era um grande pescador da região de lagoa do carro, pescava de tudo desde jacunda,traíra,pial e tilápia. Certo dia ele foi pescar a noite como é de costume,mas sua mulher não queria que ele fosse de jeito algum porque ela estava muito doente naquele momento. Ela implorou para que ele não fosse pescar de maneira alguma, mas teimoso como uma mula lá se foi Agripino para sua pescaria. Lá pela madrugada Agripino se sentia mau, e relembrava a briga que teve com sua mulher por causa que ela não queria que ele fosse pescar naquela noite. Então ele joga sua rede no rio para se distrair de tal pensamentos que o incomodava. A noite o rio e sinistro e uma escuridão toma conta de tudo mais os pescadores levam lanterna a querosene como de costume, Agripino de repente tem a impressão de ter visto dois olhos dentro d água. Olhos vermelhos acessos como uma brasa. Zé seu amigo de pescaria já quase bêbado na beira do rio afirma que são apenas jacarés que as vezes passam dando a impressão que há olhos dento do rio. Mas Agripino é pescador experiente e diz que o que viu não era olhos de jacaré. Assustado e com pensamentos nada agradáveis Agripino joga sua rede mais uma vez no rio. Ele pesca algo pesado como se fosse um enorme peixe ele puxa lentamente sua rede e se abaixa para ver o que pescou. Agripino pega sua lamparina a gás e aproxima o máximo da rede. E para sua surpresa ele ver sua mulher boiando na água de braços cruzados na beira do rio toda roxa. Agripino da um enorme grito e sai em disparada para casa. Chegando lá a diversas pessoas na casa , pois sua mulher tinha acabado de falecer e para sua surpresa ela estava na mesma posição de como estava na visão sobre natural do rio, de braços cruzados e completamente roxa. Agripino nunca mais foi pescar depois deste acontecimento. História relatada pelo próprio Agripino no ano de 2001.
Digg it StumbleUpon del.icio.us

0 comentários:

Postar um comentário

 
Melhor visualização no navegador Google chrome