19/12/2012 Contos sobre contos


 Essa não é muito bem a vertente do blog, eu sei. Porem acho relevante suspender o suspense,  aterrorizar o terror e horrivelmente, não usar o horror em muita coisa. Afinal estamos em época semi-natalina. Ou seja, a imagem de um velho gordo, vestido de vermelho sangue, com um saco cheio de "espirito de natal" já me lembra muito as cronicas escocesas de Philarète Chasles, Sobre Duendes maus e Hallowe'en!
 O fato é que nesta noite eu trouxe para vocês caros leitores um "conto-espelho". Onde o mesmo garoto tem por duas versões paradoxas, destinos tao iguais quanto suas vidas.
 Desde já agradeço e "bom Show"


Pensamento Colorido
O som das buzinas e dos carros quase não incomodava mais, os ouvidos de Maycon. Três anos de farol o deixaram mais ágil e esperto, nem precisava mais olhar o semáforo trocando suas luzes de palavras coloridas. As bolinhas, os malabares. As moedas cinzas tilintantes.
 A sopa só mesmo o aquecia, a função de alimento era feita pelo mofo "pãozado". O pequeno cobertor só cobria-lhe as pernas. De baixo da cama porem, havia um tesouro. seu precioso segredo. Sua maravilha escondida. Um achado estoico no metro. Tinha em suas mãos uma porta para longe do frio inebriante de uma são paulo triste e acinzentada. Uma porta sem batentes, com fechadura ocular. Ao Abri-la, já ouvia em sua mente o som do trinco dimensional se destrancando. O caminho era difícil. Uma trilha de "as","bs" e saltos de circunflexos. Olhava para traz e a soma das letras formava palavras. A soma destas, Mundos inteiros!
_____________
Uma Historia em Preto e Branco
Dungeons and Dangerous, Mundo de Craft e Guerras dos Deuses. Nada tao difícil para Mycon. De longa data já os conhecia e jogara quase todos desde as primeiras versões. Não precisava de muito mais que isso. Resumia-se tudo a uma questão de tempo. Por mais que o obrigassem com coisas supérfluas e desnecessárias ele logo voltaria a sua verdadeira identidade. A Forma vil a qual estava prezo logo seria uma triste e esmorecente lembrança. Um destino Maior o Aguardava. Faltavam poucos detalhes a serem acertados agora. A sua "True Life" começaria em Kalundum assim que fizesse o "login final" Desconectando-se para sempre deste mundo vazio e sem cor.


Digg it StumbleUpon del.icio.us

0 comentários:

Postar um comentário

 
Melhor visualização no navegador Google chrome